terça-feira, 14 de setembro de 2010

Por hoje é só


Empalidecera nos derradeiros tempos. Não era doença. Não era tristeza. Não era fome.Nada. Nada do que você mais imagina. Angústia, medo, dores, saudade.

Nada disso.

Tinha saúde e felicidade e comida todo dia, graças a Deus,todo dia, sorte a dela, todo dia. Todo dia. Todo dia. Todo dia todo dia todo dia igual.
Tinha tudo, e
dentro desse tudo um vazio que só pedia a diferença:

-Um amor colorido e a conta,

por favor.

Um comentário:

  1. Meu blog mudou de endereço, o novo é:
    http://vemcaluisa.blogspot.com/
    :)

    ResponderExcluir